Falar com Deus

Boa Páscoa.

Imagem gentilmente cedida por Miguel Travassos. Igreja do Poceirão, Setembro 2017.

Anúncios

Álibi

Estimado cliente,

Por por motivos de ordem técnica, ou, mais precisamente, por motivos de fome, o estabelecimento encontra-se encerrado temporariamente devido à necessidade de nutrir, alimentar, reabastercer, consolar, munir ou, se preferir, aprovisionar, o estômago dos nossos colaboradores. Esperamos poder contar com a sua compreensão.

Com elevada estima e consideração,
a Gerência.

Imagem gentilmente cedida por Fátima Mariano. Lisboa, Janeiro 2017.

 

Com as etiquetas , , ,

Fenómeno da óptica em Portugal

Algo de extraordinário se passa numa freguesia portuguesa pertencente ao concelho de Sintra. Segundo os mentores do projecto, trata-se de um “FENÓMENO DA ÓTICA EM PORTUGAL”. O entusiasmo é tanto que se permitiram um arroubo poético para cativar novos clientes. Várias investigações e inquéritos foram levados a cabo e, segundo testemunhas oculares, tudo indica tratar-se de uma Fábrica de Óculos situada no Cacém. Para testemunhar os avistamentos, as autoridades portuguesas apelam aos cidadãos que enviem fotografias, depoimentos ou vídeos.

Lisboa, Setembro 2016.

Com as etiquetas , , ,

Solicita-se suavidade

Solicita-se suavidade a fim de evitar: dispersão de pó acumulado na ombreira contribuindo para um ambiente insalubre, deslocação súbita de massas de ar provocando a mudança de posição de diversos objectos, fadiga dos materiais, pico de ruído causando degradação do aparelho auditivo do cidadão que fecha a porta, sobressalto dos transeuntes provocando eventuais desvios nas suas rotas quotidianas, desestabilização da fauna autóctone com consequências imprevisíveis para o equilíbrio do ecossistema local, ilusão de sismo nos andares térreos gerando chamadas indevidas para as autoridades competentes.

Lisboa, Agosto 2016.

Com as etiquetas , , ,

Como abrir uma porta

Infinitas possibilidades se apresentam na imaginação do transeunte por ordem crescente de intensidade: palito, pinça, cartão bancário, lima das unhas, cunha de madeira, prego de aço, canivete, chave de fendas, saca-rolhas, alicate, formão, martelo, berbequim, pé de cabra ou o clássico empurrão.

Lisboa, Março 2016.

Com as etiquetas , , ,

Aberto, dentro do género

É uma questão de perspectiva. Neste caso, parte da loja apresenta-se a “céu-aberto” num estilo que tem feito escola e que grassa pela nossa pátria.

Estoril, Fevereiro 2017.

Com as etiquetas , , ,

Carne ou apelido?

Desconforto onomástico para aves mais sensíveis que habitam as redondezas da Avenida Almirante Reis.

Lisboa, Agosto 2016.

Com as etiquetas , ,

Empreitada

As portas, se bem que inanimadas, têm por vezes uma espécie de vontade própria, um desígnio, uma segunda vida que as faz apresentar comportamentos erráticos que rompem o contrato existente com os seres que as utilizam. Há que saber lidar com estas situações de imprevisibilidade que destroem por completo o equilíbrio do ecossistema frágil de um prédio de habitação. Fechar uma porta é mais do que um gesto, é uma empreitada.

2017 04 24 correctamente_r

Lisboa, Março 2016.

Anúncios
%d bloggers like this: